segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Geografia - Rochas



Rochas

Rocha é um agregado natural e multigranular formado de um ou mais minerais e ou mineralóides. Mas qual a diferença de rocha e mineral ? -- Os minerais possuem uma estrutura homogênea e propriedades físico-químicas constantes. As rochas, por sua vez, não possuem uma composição unitaria nem tampouco uma formula química definida.
Um determinado mineral pode caracterizar uma rocha, o que siguinifica, estar presente nela em grandes quantidades. Nesse caso, fala-se que é um componente essencial da rocha. Quando aparecer em quantidades pequenas é denominado de acessório. Por último, quando nem sempre está presente ou quando sua porcentagem e mínima é descrito como acidental.




Tipos de rochas

Os tipos de rochas conforme sua origem tratam-se, na verdade, de diferentes estados das rochas. Tais estados são característicos, por sua vez, de cada estágio envolvido no processo natural de reciclagem das rochas. Quanto as suas origens, há basicamente três tipos de rochas: as rochas ígneas, que praticamente derivam os demais tipos, são ejetadas em estado líquido, das camadas mais profundas da Terra até o exterior da crosta terrestre, através dos vulcões (em estado líquido, as rochas são chamadas magma); as rochas sedimentares, que são formadas através do desgaste das rochas ígneas já resfriadas, em milhares e milhares de anos, acumulando-se em camadas (exemplo: arenito, normalmente acumulado em regiões costeiras, assim como os terrenos costeiros argilosos, formados de areia e pedra; acúmulos de pedra calcária); as rochas metamórficas que possuem formação originada através da composição entre vários tipos de rochas, tendo sofrido conjuntamente a ação de altas temperaturas ou pressões (exemplo: mármore).





Rochas ígneas (magmáticas)

As rochas magmáticas ou ígneas (ígneo vem do latim e significa "fogo") são originadas do interior da Terra, onde são fundidas em altíssima temperatura. Nas erupções de vulcões, essas rochas são lançadas do interior da Terra, para a superfície. Sofrem, então resfriamento rápido e se solidifica. Outras vezes, ficam nas proximidades da superfície, onde se resfriam lentamente e, também, se smolidificam.

O basalto é uma rocha escura muito utilizada na pavimentação de calçadas, ruas e estradas e são advindas do esfriamento rápido do magma.


No Rio Grande do Sul, encontramos as falésias de Torres, formadas de basalto.


As faixas escuras das famosas calçadas de Copacabana, no Rio de Janeiro, são formadas por basalto.


A pedra-pomes, gerada após rápido resfriamento em contato com a água formando uma rocha cheia de poros ou buracos devido à saída de gases. Parece uma "espuma endurecida".


A pedra-pomes é utilizada para polir objetos e amaciar a pele.


O granito (vem do latim granum, que significa "grão') se forma no interior da crosta terrestre por resfriamento lento e solidificação do magma. É muito utilizado em revestimento de pisos, paredes e pias. O granito é formado por grãos de várias cores e brilhos: são os minerais.

  • Os minerais que formam o granito:

Uma rocha é formada de um ou mais minerais. A maioria das rochas compõe-se de vários tipos de minerais. Minerais são elementos ou compostos químicos, geralmente sólidos, encontrados naturalmente no planeta.

Há mais de dois mil tipos diferentes de minerais. Eles são formados pela união de vários tipos de átomos, como silício, oxigênio , alumínio, cálcio e ferro. As diferenças entre os minerais devem-se aos diferentes tipos de átomos que os formam e também à maneira como os átomos estão "arranjados".


Pedaço de granito


O Granito é usado para fazer bancada de pias, pisos, etc.

O granito é formado principalmente por três tipos de minerais: o quartzo, o feldspato e a mica.

Os grãos que aparecem em cor cinza no granito correspondem a grãos de quartzo. Veja na figura abaixo, que o quartzo, como a maioria dos minerais, é formado por uma série de partes que lembram figuras geométricas. Dizemos então que o quartzo, como a maioria dos minerais, forma cristais.



Cristal de rocha formado por uma variedade de quartzo transparente. Veja acima a forma cristalina típica desse cristal. Há também formas coloridas de quartzo, como a ametista.

O outro tipo de mineral presente no granito é o feldspato, que pode apresentar diversas tonalidades: amarelo, branco, rosa, verde.

A decomposição desse mineral pela água da chuva forma a argila que é usada para fazer tijolos, cimento, concreto e diversos objetos.

A cor preta ou cinza-escura e brilhante presente no granito corresponde a pequenos grãos de mica. Existem também outros tipos de mica, de cores diferentes. A mica é um bom isolante de calor de eletricidade; por isso é utilizada no ferro elétrico de passar roupa.



Rochas sedimentares

Observe na figura abaixo que a rocha é formada por camadas (ou estratos).

Esse tipo de rocha é chamada de rocha sedimentar e se forma a partir de mudanças ocorridas em outras rochas. Chuva vento, água dos rios, ondas do mar: tudo isso vai, aos poucos, fragmentando as rochas em grãos de minerais. Pouco a pouco, ao longo de milhares de anos, até o granito mais sólido se transforma em pequenos fragmentos. Esse processo é chamado de intemperismo.

Os fragmentos de rochas são transportados pelos ventos ou pela água da chuva até os rios, que, por sua vez, os levam para o fundo de lagos e oceanos. Lá os fragmentos vão se depositando em camadas. É assim que se formam, por exemplo, terrenos cobertos de areia, como as praias.

Esses fragmentos ou sedimentos vão se acumulando ao longo do tempo. As camadas de cima exercem pressão sobre as camadas de baixo, compactando-as. Essa pressão acaba por agrupar e cimentar os fragmentos e endurece a massa formada. É assim que surgem as rochas sedimentares. Tudo isso, não se esqueça, leva milhares de anos.

Desse modo, a areia da praia transforma-se, lentamente, em uma rocha sedimentar chamada arenito. Sedimentos de argila transforma-se em argilito.

As camadas vão cobrindo também restos de plantas e animais. Por isso é muito comum encontrar restos ou marcas de animais e plantas em rochas sedimentares: o animal ou planta morre e é coberto por milhares de grãos de minerais.

Os restos ou marcas de organismos antigos, são chamado de fósseis. Analisando os fósseis, os cientistas podem estudar como era a vida no passado em nosso planeta.


Formação das rochas sedimentares


  • A origem do arenito:

O arenito se forma quando rochas como o granito se desintegram aos poucos pela ação dos ventos e das chuvas. Os grãos de quartzo dessas rochas formam a areia. Areias e dunas de areia, porém não são rochas: são fragmentos de rochas. A areia pode se depositar no fundo do mar ou em depressões e ficar submetida a um aumento de pressão ou temperatura. Assim cimentada e endurecida, forma o arenito - um tipo de rocha sedimentar. O arenito é usado em pisos.


Rocha de arenito.


Dunas de areia no Vale da Morte, Califórnia (Estados Unidos).

  • O calcário:

O acúmulo de esqueletos, conchas e carapaças de animais aquáticos ricos em carbonato de cálcio, que é um tipo de sal, pode formar outra variedade de rocha sedimentar, o calcário.

O calcário também se forma a partir de depósitos de sais de cálcio na água. O calcário é utilizado na fabricação de cimento e de cal. A cal serve para pintura de paredes ou para a fabricação de tintas. A cal ou o próprio calcário podem ser utilizados para neutralizar a acidez de solos.


Cascatas de calcário na Turquia, Egeu.





Rochas metamórficas

Você já viu pias, pisos ou esculturas de mármore? O mármore é uma rocha formada a partir de outra rocha, o calcário. É um exemplo de rocha metamórfica.

As rochas metamórficas são assim chamadas porque se originam da transformação de rochas magmáticas ou sedimentares por processos que alteram a organização dos átomos de seus minerais. Surge, então, uma nova rocha, com outras propriedades e, às vezes, com outros minerais.

Muitas rochas metamórficas se formam quando rochas de outro tipo são submetidas a intensas pressões ou elevadas temperaturas. Quando, por exemplo, por mudanças ocorridas na crosta, uma rocha magmática é empurrada para regiões mais profundas e de maior pressão e temperatura, alterando a organização dos minerais.

Outra rocha metamórfica é a ardósia, originada da argila e usada em pisos.

Pias e pisos também podem ser feitos de gnaisse, uma rocha metamórfica originada geralmente do granito. O Corcovado e o Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro, e a maioria das rochas da serra do Mar também são de gnaisses.


Ardósia é usada como piso.


Vista da praia do morro do Pão de Açucar (RJ), formado de gnaisse.

  • Gemas ou pedras preciosas:

As gemas são rochas muito duras. São riquezas existentes no subsolo, comumente conhecidas como pedras preciosas. As jazidas de esmeralda, rubi, diamante e outras são raras por isso essas pedras têm grande valor comercial.

No subsolo, também são encontradas jazidas de metais, por exemplo, ouro, ferro, manganês, alumínio, zinco, cobre, chumbo.

Há ainda as jazidas de material de origem orgânica, conhecidas como combustíveis fósseis - formadas a partir da transformação de restos de plantas e animais. O carvão-de-pedra (hulha) e o petróleo são exemplos desses combustíveis, recursos energéticos, ou seja, substâncias utilizadas na produção de energia.


Na foto podemos observar algumas gemas ou pedras preciosas.



O ciclo das rochas



Você viu que as rochas magmáticas são formadas tanto pela cristalização do magma no interior da terra como pela lava liberada dos vulcões. Mas as rochas magmáticas - e também as metamórficas - podem ser quebradas em pequenos pedaços ou fragmentos que se acumulam em camadas de e acabam se transformando, por compressão, em rochas sedimentares. Finalmente, você viu também que as rochas sedimentares e também as magmáticas, sob a ação de altas temperaturas e pressão, podem se transformar em rochas metamórficas.

Mas, se uma rocha metamórfica for derretida, ela pode novamente se tornar uma rocha magmática! Essas mudanças formam, portanto, um ciclo em que uma rocha, ao longo de muito tempo, pode se transformar em outra. É o ciclo das rochas.



Fonte de pesquisa:

http://www.sobiologia.com.br

10 comentários:

  1. esse site e o mais legal que eu ja entrei

    ResponderExcluir
  2. que xatooooooooooooo nada ve essse site nao aparece nada interecente na moral tira essse site da internet

    ResponderExcluir
  3. muito interessante! realmente, tirei a minha dúvida com essa fonte de estudo maravilhosa!

    ResponderExcluir
  4. q lixooo...site podre....nd a vÊ vc coloca rochas e aparece praias...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk..rszrssr.skosskoskosos ...vc rochaas aparece mulher pelada k'k'k'k'k'k

    ResponderExcluir
  5. muito bom para fazer pesquisas para trabalhos e para estudar para as provas de ciências sou quinta serie mas entendo das coisas realmente é muito bom

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Achei a postagem legal!
    Mas, faltam coisas, como exemplo:
    Você, não falou do Arenito (Rocha Sedimentar/Estratificada).

    Mas, mesmo assim, parabéns pelo site.
    Beijos, e um bom final de semana,
    Diovana

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir